sábado, setembro 01, 2007

Otep - The Ascension

É tarefa quase impossível ouvir esse novo Otep sem evitar comparações. Nada mais do que previsível, já que uma certa falta de identidade sonora parece perseguir a banda. Em "House of Secrets" a semelhança vocal de Otep Shamaya pendia mais para a bestialidade de Angela Gossow (Arch Enemy). Agora, sua vocalização pende mais para o quarteto canadense Kittie, e, em algumas passagens, se assemalha a Candace Kucsulain (Walls of Jericho). O que quer que tenha ocorrido entre o último disco e "The Ascension", foi forte o suficiente para ocasionar tamanha mudança. Diante da tendência das demais bandas de New Metal de buscarem suas "reinvenções", essa banda californiana mostra nesse novo álbum que está, sutilmente, seguindo o caminho inverso - voltando às raízes do gênero. Ousadia? Suicídio?! Só o tempo poderá dizer. Mas, verdade seja dita: aquele Otep que ainda engatinhava, descoberto por Sharon Osbourne, não é mais o mesmo; o mundo musical não é mais o mesmo (e não está pra peixe); e o Nu Metal agoniza seus últimos dias. Portanto, o cenário não está favorável à esse tipo de postura. Entretanto, Shamaya e sua banda valeram-se também de algumas misturas em seu som: aplicam elementos de Death Metal, Gótico e até algumas pitadas de rap (como em boa parte de "Confrontation"). A faixa que talvez exemplifique melhor todo esse caldeirão que compõe o disco é "Ghostflowers". Em primeira instância, vocais sussurrados e agonizantes vão criando um clima de tensão, logo em seguida Karma Cheema faz alguma coisa com seu instrumento que me lembra música árabe (!), um novo clima de tensionamento se segue até atingir o ápice desse suspense (onde a frontwoman libera toda a sua energia vocálica). "The Ascension" deixou a desejar pela sua notória falta de definição. Mesmo misturando alguns elementos, soa bastante indeciso. "Breed" (cover do Nirvana), soando no mínimo estranha, e a balada "Perfectly Flawed" (apesar de agradável), são atenuantes desse impasse, pois simplesmente não tem nada a ver com as demais músicas do álbum. Uma coisa é certa: A Ascensão não virá por esse rumo. Antes de mais nada, é preciso se decidir de que lado do muro se posicionar.

Nota: 6/10
Selo: Capitol
Data de lançamento: 2007
Website: www.otep.com/ /

Tracklist:
1. March of the Martyrs
2. Confrontation
3. Perfectly Flawed
4. Crooked Spoons
5. Milk of Regret
6. Noose and Nail
7. Ghostflowers
8. Breed (Nirvana cover)
9. Eat the Children
10. Invisible
11. Home Grown
12. Communion
13. Andrenochrome Dreams

Um comentário:

B0b disse...

fazer essas comparações vocais totalmente sem sentido é sinal de quem não sabe do que tá falando.